E-mail: atendimento@monoweb.com.br
Msn: monoweb.monografias@hotmail.com
Skype: monoweb.monografias
 
 

O que é Monografia?

1. MONOGRAFIA

A monografia é o primeiro passo da atividade científica do pesquisador. Algumas faculdades exigem que seus alunos, para obtenção de grau, realizem um trabalho cientifico de final de curso, ou seja, a monografia.

 1.1 Conceitos

          São numerosos e variados os conceitos  dos diferentes autores sobre monografia.

Asti Vera (1979, p. 164) define monografia como sendo o "tratamento escrito de um tema específico", e Salomon (1972, p.  207),  como o "tratamento escrito de um tema específico que resulte de interpretação cientifica com escopo de apresentar uma contribuição relevante ou original e pessoal à ciência".

A American Library Association dá o seguinte conceito: "é um trabalho sistemáti­co e completo sobre um assunto particular, usualmente pormenorizado no tratamento mas não extenso no alcance".

Monografia significa, portanto, para Asti Vera, um tema específico qualquer, que recebe tratamento escrito; Salomon acrescenta que, além da interpretação científica, o estudo deve trazer uma contribuição válida para a ciência. Do ponto de vista de Farina, a monografia exige uma limitação do tema, para se dar um tratamento aprofundado e exaustivo. Alonso indica que a limitação se refere a uma das partes da ciência ou então apenas a um aspecto dessa ciência

Nos Estados Unidos, a Associação de Livrarias salienta que, além de particular e pormenorizado, o tratamento da monografia deve ser restrito em seu alcance.

Trata-se, portanto, de um estudo sobre um tema específico ou particular, com suficiente valor representativo e que obedece a rigorosa metodologia. Investiga determinado assunto não só em profundidade, mas em todos os seus ângulos e aspectos, dependendo dos fins a que se destina.

 1.2 Características

       Analisando-se os diferentes conceitos, pode-se observar que a monografia apresenta algumas características:

 a) trabalho escrito, sistemático e completo;

b) tema específico ou particular de uma ciência ou parte dela;

c) estudo pormenorizado e exaustivo, abordando vários aspectos e ângulos do caso;

d) tratamento extenso em profundidade, mas não em alcance (nesse caso é limitado);

e) metodologia científica;

f) contribuição importante, original e pessoal para a ciência. 

A característica essencial não é a extensão, como querem alguns autores, mas o caráter do trabalho (tratamento de um tema delimitado) e atualidade da tarefa, isto é, o nível da pesquisa, que está intimamente ligado aos objetivos propostos para a sua elaboração.

Barquero (1979, p. 16-25) analisa a monografia sob os seguintes aspectos:

A) a monografia não é:

- repetir o que já foi dito por outro, sem se apresentar nada de novo ou em relação ao enfoque, ao desenvolvimento ou às conclusões;

- responder a uma espécie de questionário; não é executar um trabalho semelhante ao que se faz em um exame ou deveres escolares;

- manifestar meras opiniões pessoais, sem fundamentá-las com dados com probatórios logicamente correlacionados e embasados em raciocínio;

- expor idéias demasiado abstraías, alheias tanto aos pensamentos, preocupações, conhecimentos ou desejos pessoais do autor da monografia como de sua particular maturidade psicológica e intelectual.

 B) a monografia é:

- um trabalho que observa e acumula observações;

- organiza essas informações e observações;

- procura as relações e regularidades que podem haver entre elas;

- indaga sobre os seus porquês;

- utiliza de forma inteligente as leituras e experiências para comprovação;

- comunica aos demais seus resultados. 

Os estudantes, ao longo de suas carreiras, precisam apresentar uma série de trabalhos que se diferenciam uns dos outros quanto ao nível de escolaridade e quanto ao conteúdo. Via de regra, para o término do curso de graduação, os estudantes têm o compromisso de elaborar um trabalho baseado geralmente, em fontes bibliográficas que não precisa ser extenso. À medida que ascende na carreira universitária, esses trabalhos vão exigindo maior embasamento, mais reflexão, mais amplitude e criatividade. 

REFERÊNCIAS:

 ASTI VERA, Armando. Metodologia da pesquisa científica. Porto Alegre: Globo, 1976.

BARQUERO, Ricardo Velilla. Como se realiza um trabalho monográfico. EUNIBAR, 1979.

LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas, 1999.

SALOMON, Décio Vieira. Como fazer uma monografia: elementos de metodologia do trabalho científico. Belo Horizonte: Interlivros, 1972.  

Você não tem tempo para fazer sua monografia? Entre em contato

Saiba também:

O que é Monografia?
O que é Dissertação?

A equipe Monoweb oferece diversas formas de pagamento: Cartão de Crédito, Boleto Bancário, Transferência ou Depósito Bancário
Este site não tem a intenção de lesar o sistema educacional brasileiro.
A assessoria oferecida deve servir de apoio para que o estudante elabore o seu próprio trabalho. Cabe ao cliente a responsabilidade sobre a utilização consciente do material.
A equipe trabalha dentro dos parâmetros estabelecidos pela Lei 9.610/98.

Monografia | Sitemap | Rss | Divulgação de Sites - Ocs Internet